Política & Justiça

Wilder Morais quer incentivo à geração de energia solar

diario da manha
Senador Wilder Morais: cuidado especiais com o meio ambiente(FOTO:DIVULGAÇÃO)

Sempre atento à questão da sustentabilidade, o senador Wil­der Morais (DEM-GO) tem apre­sentado matérias de incentivo à geração de energia, cuidados com o meio ambiente e economia de bens renováveis. Um exemplo é o projeto de Lei do Senado (PLS) 204/2014, que determina que as concessionárias de energia elétri­ca devam investir em projetos de microgeração distribuída.

A Comissão de Ciência, Tec­nologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado já avaliou e deu seu parecer favorável ao projeto, sendo que o objetivo do senador, com o texto do PLS foi é aprimorar a Lei 9.991/2000, que determinou a realização de inves­timentos em pesquisa e desenvol­vimento em eficiência energética por parte das empresas concessio­nárias do setor de energia elétrica.

Como aperfeiçoamento da lei em vigor, o senador goiano suge­re que o consumidor beneficia­do com a Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) seja os primeiros a aderir ao projeto. Na matéria em questão, o parlamentar sugere al­ternativas de geração energética através dos painéis fotovoltaicos (geradores solares) a serem ins­talados nas residências.

“Com esse equipamento é pos­sível reduzir a construção de li­nhas de transmissão de energia via hidroelétricas, essas muito frá­geis já que dependem da deman­da de chuvas, e quase nunca cons­truídas perto dos grandes centros consumidores. Com essas vanta­gens, diminuiremos custos e ga­rantiremos a sustentabilidade”, explica o senador que também é engenheiro por formação.

 

Comentários