Política & Justiça

Governo federal institui ponto eletrônico para funcionários públicos

diario da manha

A partir de agora, funcionários públicos de todo o país serão obrigados a bater ponto eletrônico. A exigência vai atingir 410 mil funcionários de um total de 580 mil servidores do Executivo que estão efetivamente trabalhando no governo federal.

A implementação deve ser concluída em até 12 meses e colocará fim em pontos ainda marcados no papel. Nesta segunda-feira (1º) novo sistema começou a valer para os funcionários da AGU (Advocacia Geral da União), Ancine (Agência Nacional do Cinema) e UFT (Universidade Federal do Tocantins).

Este sistema de frequência não será imposto aos 146 mil professores das universidades públicas federais, que já eram dispensados de bater ponto. O Tribunal de Conta da União (TCU) exigiu a implantação do ponto eletrônico, uma vez que  o ponto manual é considerado falho e ultrapassado.

O controle dos horários poderá ser feito por computador, impressão digital ou 1 aplicativo, que confirmará o local por meio da geolocalização. As informações serão automaticamente transferidas para a folha de pagamento do governo federal.

Comentários