Cotidiano

Bolsonaro "desiste" de fazer Eduardo embaixador

O presidente Jair Bolsonaro(PSL) afirmou, nesta terça-feira (22/10) que prefere que seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), permaneça no Brasil para "pacificar"o PSL. Citou o diplomata Nestor Foster para assumir o cargo de Embaixador do Brasil em washington,.

diario da manha
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro(PSL) afirmou, nesta terça-feira (22/10) que prefere que seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), permaneça no Brasil para “pacificar”o PSL. O presidente até falou que caso o deputado desistir de assumir a Embaixada do Brasil em Washington ele já pensa no diplomata Nestor Foster para assumir o cargo.

No entanto, o presidente ponderou que é Eduardo quem vai definir até o final deste mês se quer ter seu nome submetido à aprovação do Senado ou se ficará na liderança do PSL na Câmara. Ele ainda ressaltou que é necessário ‘ver o que pode catar de caco’ na disputa interna do PSL

As declarações foram feitas durante entrevista concedida em Tóquio (Japão), onde Bolsonaro participa da cerimônia de coroação do novo imperador japonês, Naruhito.

Questionado sobre um novo nome para a diplomacia brasileira em Washington o presidente revelou:” Nós, logicamente, temos lá um bom [nome]… na função atualmente nos Estados Unidos. Quem que é o…? É o Nestor Forster [encarregado de Negócios do Brasil nos Estados Unidos]. O Nestor Foster é um bom nome. Obviamente, o Eduardo desistindo de que eu mande o nome dele pro Senado, tendo em vista a importância que tá ganhando na política dentro do partido, o Forster é um bom nome para ser consolidado lá”, disse.

Em junho deste ano, Nestor Foster, foi promovido ao topo da carreira justamente para poder ocupar o posto de Embaixador do Brail em Washington. Entretando um mês depois, os diplomatas foram surpreendidos pela possibilidade de Bolsonaro indicar o filho Eduardo.

*Com informações do G1, Correio Braziliense

Comentários

Mais de Cotidiano