Rio Verde

Telhado de escola cai durante ventania e fere alunos, em Rio Verde

Conforme a publicação de um jornal local, o vento derrubou telhas, e dois alunos do 6ª ano do ensino fundamental ficaram feridos após o material cair sobre eles

diario da manha
Foto: Reprodução

O telhado da Escola Municipal Professor Clóvis Leão de Almeida, situada em Rio Verde, na região sudoeste de Goiás, foi parcialmente destruído na última segunda-feira (12/8) após um redemoinho atingir a instituição de ensino e ferir dois alunos.

Conforme a publicação de um jornal local, o vento derrubou telhas, e dois alunos do 6ª ano do ensino fundamental ficaram feridos após o material cair sobre eles.

A Prefeitura de Rio Verde publicou uma nota em seu site oficial, e informou que a Secretaria de Educação prestou todo apoio aos professores e estudantes e que começou os trabalhos para recuperar as estruturas danificadas. Entretanto o susto com a queda do telhado devido a ventania não paralisou as aulas.

No momento do acidente sala estava com 35 alunos e dois ficaram feridos ao serem atingidos pelos destroços

De acordo com a publicação do periódico, no momento do incidente a sala contava com 35 alunos, com idades de 10 a 13 anos. A diretora da instituição, Emildes de Lima Silva, afirmou que dois alunos ficaram feridos, mas que os dois foram levados ao hospital e já receberam alta.

“Uma menina foi atingido por algo que caiu na cabeça dela, e foi submetida ao exame de tomografia e graças a Deus está tudo bem. O outro aluno, um menino, a telha caiu e bateu no braço e na perna dele, mas foi apenas luxação e está tudo bem com ele”, explicou a diretora.

Em nota publicada em seu site nesta terça-feira (13) a Prefeitura de Rio Verde confirmou o ocorrido e que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) inspecionou o local e constatou que a estrutura da instituição não apresentava perigos às crianças.

Confira a nota

“A Secretaria de Educação esclarece que um redemoinho muito forte no início da tarde de segunda-feira,12, causou estragos no telhado de uma sala naEMEF Clóvis Leão de Almeida.  É importante ressaltar que a equipe da Secretaria de Educação deu todo o respaldo aos estudantes, familiares e professores da unidade escolar. O Corpo de Bombeiros fez a a inspeção dentro da sala e foi constatado que infraestrutura não apresentava nenhum perigo às  crianças.

Foi um incidente, redemoinho muito forte, gerado pelas condições climáticas. A rajada entrou pela janela da sala, danificando o forro e quebrando algumas telhas.  A sala de aula tem estrutura metálica no telhado. A equipe de Infraestrutra da Educação já começou a fazer toda a parte de recuperação do telhado e forro. As aulas acontecem normalmente no dia de hoje.”

Comentários