Rio Verde

Suspeito de atirar na boca de uma mulher é preso em Rio Verde

O homem foi preso em flagrante, além da tentativa de homicídio, ele também responderá por tráfico de drogas

diario da manha
Foto: Reprodução

Na última quinta-feira (17/10), o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), prendeu o suspeito de atirar na boca de uma mulher, no Bairro Popular, em Rio Verde, na Região Sudoeste de Goiás. Leonardo Rezende da Silva atirou na boca da vítima.

A vítima foi chamada pelo autor por um nome que não gosta, então reagiu, fez um gesto e depois proferiu um xingamento. Leonardo, insatisfeito com a atitude da mulher, sacou uma arma de fogo e disparou, atingindo a boca da vítima.

O homem foi preso em flagrante, em sua residência, no Bairro Martins, em Rio Verde. Além da tentativa de homicídio, ele também responderá por tráfico de drogas.

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), encontrou em sua casa, uma grande porção de maconha, seis porções pequenas separadas, uma balança de precisão e dinheiro. A prisão foi realizada com o apoio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc).

Suspeitos de atirar contra seis pessoas são presos

No último mês, dois suspeitos de atirar contra seis pessoas no setor Independência Mansões, em Aparecida de Goiânia, foram presos pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO). Das seis vítimas, uma morreu.

O crime aconteceu no dia 28 de setembro e, após o ocorrido as equipes do Comando de Policiamento Especializado (CPE), começaram procurar os suspeitos. Além da prisão, os policiais recuperaram três veículos roubados, sendo um deles usados na prática do homicídio.

A equipe apreendeu aproximadamente 5 kg de maconha, cocaína, crack e duas balanças de precisão. O carro usado no homicídio e na tentativa de homicídio foi encontrado na zona rural cidade de Pirenópolis, na Região Leste do Estado.

Comentários