Saúde

Adolescente vítima de H1N1 morre em Goiás

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) confirmou a morte de um adolescente de 17 anos pela gripe H1N1 na cidade de Rio Verde.

Este ano foram identificadas cinco pessoas contaminadas pela doença no estado. Todos os portadores residem na região sudeste de Goiás, uma em Acreúna e quatro em Rio Verde.

A SES também informou que investiga 21 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave que podem estar relacionadas com a doença. Destes casos, Rio Verde possuí  o maior número de síndromes respiratórias relatadas, 12 no total, seguida por Acreúna e Catalão, com dois casos em cada cidade, e um caso confirmado nas cidades de Cachoeira Alta, Quirinópolis, Santa Helena, Aparecida de Goiânia e a própria capital.

Para conter a doença, a prefeitura de Rio Verde deve organizar campanhas de vacinação para crianças menores de cinco anos e pessoas com mais de 60 anos, considerados grupos prioritários.

O Hospital de Urgências da Região Sudeste (Hurso) irá disponibilizar leitos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) caso seja necessário.

Em 2015 foram registrados 382 de Síndromes Respiratórias Graves no estado de Goiás. Destes apenas um dos casos foi confirmado como sendo sintoma da H1N1, este, acabou morrendo.

Comentários

Mais de Saúde