Saúde

Justiça autoriza transfusão de sangue em bebê de família Testemunha de Jeová

diario da manha
A Justiça de São José do Rio Preto, São Paulo, interferiu nesta última terça-feira (24/04) na decisão dos pais de um recém-nascido. Eles são da religião Testemunha de Jeová e haviam negado a autorização para transfusão de sangue na criança.
O bebê está internado na Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Preto e conforme informações do site do G1 está com hemorragia no estômago. E por causa dessa hemorragia, o menino se encontra com um caso grave de anemia.

A mãe chegou a escrever uma carta dizendo que a equipe médica da Santa Casa havia informado a gravidade do caso do recém-nascido, mas ainda assim ela dizia não autorizar o procedimento.
Perante a negativa, o hospital entrou com o pedido de tutela antecipada declarando que a criança poderia morrer se não fizesse o procedimento. O juiz aceitou o pedido e levou em consideração a demora dos trâmites para que o mais rápido possível o bebê pudesse estar melhor e respeitando também o direito à vida do mesmo.

A criança, com apenas onze dias de vida, passa bem.

 

(Imagem destaque meramente ilustrativa)

Comentários

Mais de Saúde