Saúde

MP alerta que pais que não vacinarem filhos contra sarampo e polio podem perder a guarda das crianças

diario da manha
Doctor pediatrician injecting vaccine to cute african girl

Os pais que não levarem os filhos para vacinar contra o sarampo e poliomielite podem perder a guarda das crianças. Segundo o Ministério Público, o número de crianças vacinadas ainda é muito baixo, apenas 60% das crianças de 1 a 4 anos foram vacinadas. A meta é chegar aos 95%.

Devido ao não atingimento da meta, um novo dia ‘D’ de vacinação foi marcado para o dia 1° de setembro. A campanha nacional estava prevista para terminar no dia 31 de agosto. O objetivo é atingir as taxas de vacinação, que ficaram abaixo do esperado, e dos casos de doenças já registrados no País. A última atualização dos Estados aponta que 56% das crianças do país estão protegidas contra as doenças, ou seja, mais de cinco milhões de crianças.

Em entrevista à TV Anhanguera, o promotor de Justiça Eduardo Prego afirmou que além de perder a guarda, os pais que não vacinarem as crianças podem pagar multa administrativa.

O Ministério Público enviou uma recomendação para os municípios elaborarem um calendário com um prazo maior de funcionamento das salas de vacinação para atender quem não pode ir em horário comercial.

 

 

 

(Foto: Reprodução)

 

Comentários

Mais de Saúde