Saúde

Câmara indica Zacharias Calil ao Prêmio Nobel de Medicina

diario da manha

O médico e deputado recebeu indicação por trabalho em casos raros e criação de medicamento

O Deputado Federal Zacharias Calil (DEM-GO) foi indicado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados ao Prêmio Nobel de Medicina por seu trabalho no tratamento de doenças raras, como a separação de gêmeos siameses, síndrome do lobisomem e também pelo desenvolvimento de medicamento para tratar hemangiomas em crianças. Calil exerce a medicina há 38 anos, sempre no serviço público, e hoje atua no Hospital Materno Infantil de Goiânia. A iniciativa da indicação partiu da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) e segue, agora, para aprovação pela presidência da Câmara dos Deputados.
“Obrigado a todos. Não esperava por isto, mas é importante dizer que as cirurgias de siameses só têm sucesso devido a uma equipe. Não sou só eu, mas toda equipe tem que ser homenageada”, lembrou Zacharias, que permanece atendendo às segundas e sextas em Goiânia. A equipe já realizou 18 cirurgias de separação, a maior estatística mundial de uma equipe e de um hospital. Mais um caso está nas mãos da equipe de Zacharias Calil, com previsão de cirurgia para 2020.
“É um reconhecimento a um parlamentar que esta Casa deve se honrar muito por seus trabalhos realizados aqui no país”, disse Paula Belmonte no momento da indicação, aprovada por unanimidade na CSSF.
Para o deputado Diego Garcia (Podemos-PR), é uma honra participar dessa indicação. “É uma referência internacional no seu trabalho e temos o prazer de tê-lo como colega. Esse conhecimento, essa experiência é um patrimônio brasileiro e temos que tornar isso público para o mundo com essa indicação”, afirmou Garcia.
Já Rosângela Gomes (Republicanos-RJ) destacou o comprometimento do médico com seu trabalho. Ela lembrou a atenção dada por Calil a ela em um momento de doença. “Calil tem paixão pela medicina. É comprometido. O que tem feito pelas crianças e pelo povo faz com que seja mais do que merecedor”, disse a deputada carioca.
O paraense Eduardo Costa (PTB-PA) fez questão de lembrar o ex-deputado Jovair Arantes, colega de partido, que diz ter uma dívida eterna com Zacharias Calil. “Dr. Zacharias teve a oportunidade de salvar, por dois momentos, a vida de dois filhos do nosso ex-líder Jovair. Uma característica do bom médico é sentir as dores do seu paciente e sei que o senhor tem esta vocação”, completou.
ZACHARIAS – Natural de Goiânia (GO), Zacharias Calil é casado com Sandra Hamú e pai de quatro filhos: Camila, Cejana, Rogério e Caroline.
Estudou medicina na Universidade Federal de Goiás e, já formado, foi aprovado para residência médica no Hospital de Base, em Brasília (DF). Após a residência, voltou para Goiânia, onde atua até hoje no serviço público. É referência para casos de alta complexidade materna-infantil.
Nesse serviço, pode desenvolver seu interesse pelas pesquisas e possibilidade de realizar grandes cirurgias, algumas inéditas, como o caso de separação das gêmeas esquiópagas Larissa e Lorraine. Foi personagens de vários documentários em canais de televisão, como na Discovery Channel, entre outros em âmbito internacional. Também tem vários artigos médicos publicados em revistas indexadas.
Hoje, além de casos com gêmeos siameses, Calil também é conhecido por ter desenvolvido um medicamento para o tratamento de hemangiomas que se destaca pela eficiência e baixo efeito colateral. Disponibilizado no HMI a custo zero, permite a crianças portadoras desse mal retomar o convívio social, já que todo o tratamento é feito em instituição pública. O tratamento também oferece as aplicações a laser para finalização da recuperação. É o único no país a fazer isto.
Calil é membro da Fundação Birthmark, com sede em Nova York, da qual é referência para tratamento de hemangioma para América do Sul. Foi Superintendente da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, quando se dedicou a preservar, divulgar e desenvolver ações de apoio aos radiocidentados a fim de transformar a experiência do Césio 137 em aprendizado para as gerações futuras.
Eleito Deputado Federal em 2018 pelo DEM, foi o terceiro mais votado pelo Estado de Goiás, com mais de 151 mil votos.

Comentários

Mais de Saúde