Cidades

Ex ginasta participará de congresso em Goiânia dia 28

diario da manha
Ex-ginasta Laís Souza, exemplo de reabilitação, fará palestra em congresso

Em setembro desse ano, a ex ginasta Laís Souza comemorava em seu Twitter o fato de mover os ombros e conseguir fazer carinho em seu gato de estimação. Resiliência e determinação, associados às terapias de reabilitação, levaram a medalhista nos jogos pan-americanos a superar acidente sofrido há cinco anos, quando treinava esqui aéreo para participar de prova da Olímpiadas de Inverno e que a deixou tetraplégica.

 Hoje, aos 30 anos, Laís tem uma nova rotina, uma nova profissão – palestrante – e é considerada um dos referenciais quando o assunto é processo de reabilitação. Devido à sua experiência, ela é uma das convidadas a palestrar no I Congresso Internacional de Neurociência e Reabilitação, que acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de novembro, no auditório do Clárion Orion Goiânia.

Em sua participação, Laís falará sobre sua experiência de superação e das terapias que a levaram a atingir o resultado atual quando, apesar das limitações, tem conseguido redefinir e reinventar sua vida e rotina. A palestra da ex atleta está prevista para as 17h do primeiro dia do congresso.

Multidisciplina

O objetivo do evento, realizado pelo Instituto Neuronus, é promover a troca de experiências sobre as novas perspectivas de diagnóstico, intervenções e tratamentos no processo de reabilitação cognitiva, funcional e social, a partir de uma visão multidisciplinar. Existe em Goiânia uma nova tendência se tornando referência em terapias de reabilitação e neurociência, assim como já aconteceu com especialidades como Oftalmologia, cirurgia pediátrica e tratamento de câncer. Isso porque, motivado pelo campo de atuação e pesquisa propiciado pela inauguração e solidificação do nome do CRER – Centro de Recuperação e Reabilitação Dr. Henrique Santillo, muitos profissionais têm se especializado e desenvolvido estudos na área. A realização do evento é uma coroação dessa nova realidade em saúde.

Para discorrer sobre os diversos temas dentro do evento foram convidados nomes consagrados dentro das pesquisas do setor, como Michael Thompson, PhD – Biofeedback Institute of Toronto Andrew Bateman, PhD – Oliver Zhangwill Centre, Inglaterra, Paola Marangolo, PhD – Fondazione Santa Lucia, Itália, entre outros.

Pre congresso

Embora oficialmente o evento comece no dia 28, já no dia 26 está prevista a realização de cursos, em fase de pré congresso, quando especialistas de cada área estarão discorrendo sobre mais de 15 temas diferentes, entre eles a técnica de Estimulação magnética transcraniana (TMS), Estimulação Transcraniana por corrente contínua (TDCS), reabilitação para amputados, para perda de memória, pós-AVC, TCE e lesão medular, além de temas sempre em estudo e desenvolvimento como neuropsiquiatria infantil, adulta e geriátrica, síndromes dolorosas e tratamentos de vícios.

O neuropsicólogo Hercílio Silva Júnior, diretor do Instituto Neuronus e idealizador do congresso, esclarece ser o diferencial desse evento, em relação a outros congressos de reabilitação, o fato de que em Goiânia se buscará lançar um olhar global sobre o tema, tratando de vários tipos de reabilitação. Segundo ele, o que havia até então são congressos direcionados a abordagem de temas específicos, como reabilitação da fala, de partes do corpo etc. “O que nós queremos é lançar um olhar multiprofissional sobre o processo de reabilitação, visto que saúde não é a ausência de doença e sim a melhor forma de tratar suas consequências físico, psico e emocionais”, explica o organizador.  “Por isso buscamos trazer para Goiânia os principais estudiosos de cada tema, pessoas que têm feito a diferença nos diversos níveis de reabilitação, seja motora, da fala ou mental”, conclui o neuropsicólogo, ele próprio um dos palestrantes.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO