Home / Saúde

SAÚDE

Policlínica de Goianésia explica tipos de ergonomia

Área visa estabelecer práticas e condições de trabalho que favoreçam a saúde do colaborador na execução de suas obrigações

Divulgação Divulgação

A Policlínica de Goianésia promoveu um treinamento para os colaboradores da unidade, onde foi falado sobre os tipos de ergonomia: física, organizacional e cognitiva. A ergonomia no trabalho é uma área de estudo que visa estabelecer práticas e condições de trabalho que favoreçam a saúde do colaborador na execução de suas obrigações.

A fisioterapeuta Natália Aparecida de Oliveira e a técnica em segurança do trabalho Lais Lorrany Borges Vieira explicaram que a ergonomia física estuda a interação entre o ser humano e os elementos físicos de um sistema, analisa aspectos como postura, movimentação, força, repetição e ambiente de trabalho, objetiva melhorar o conforto, a saúde e a segurança do trabalhador. A ergonomia organizacional é definida como macroergonomia, que inclui o gerenciamento de recursos humanos, projetos de trabalho, cultura organizacional da empresa, forma de comunicação e gestão de qualidade.

“Já a ergonomia organizacional tem o objetivo de reduzir a monotonia, a fadiga e os erros, criando ambientes mais cooperativos e motivadores. Um dos aspectos importantes que normalmente leva a sua implementação nas empresas é a insatisfação dos empregados em relação às condições de trabalho, do clima organizacional e de algum tipo de problema no ambiente de trabalho, como estresse dos trabalhadores causado por competições, exigências e conflitos”, afirmaram

Sobre a ergonomia cognitiva, Natália Aparecida de Oliveira e Lais Lorrany Borges Vieira destacaram que ela se concentra no processamento mental de informações pelos seres humanos no ambiente de trabalho. “Envolve compreender como as pessoas percebem, processam e respondem a estímulos”, frisaram.

Leia também:

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias