Tecnologia

Mais de 1 bilhão de senhas de sites como Netflix e LinkedIn vazam na web

diario da manha

Segundo informações da empresa de segurança 4iQ, mais de 1,4 bilhão de logins e senhas de plataformas de games e sites, como: Bitcoin, Pastebin, LinkedIn, MySpace, Netflix, YouPorn, Last.FM, Zoosk, Badoo, RedBox, Minecraft, Runescape, Anti Public e Exploit.in. foram expostas na chamada dark web.

O arquivo com os logins e senhas foram encontrados no último dia 5 de dezembro em um fórum dentro da internet obscura. De acordo com o arquivo, as informações são apresentadas em ordem alfabética e algumas senhas senhas já estão nas redes há algumas semanas. Porém, os pesquisadores checaram algumas delas e constataram que boa parte delas ainda estão ativas.

Para a 4iQ, o arquivo com mais de 1,4 bilhões de senhas é o maior banco de dados encontrado na dark web até o momento.”Isso não é apenas uma lista. É um banco de dados agregados e interativo que permite pesquisas rápidas (respostas em um segundo). Dado o fato de que as pessoas reutilizam senhas em suas contas de email, redes sociais, comércio eletrônico, banco e trabalho, os hackers podem automatizar o sequestro de contas ou roubo delas”, relata Julio Casal, fundador da empresa 4iQ, em seu site.

Para alguns pesquisadores, o vazamento foi algo positivo, pois foi possível destacar que vários usuários reutilizam suas senhas em vários serviços diferentes. Além disso, muitos seguem padrões de senha e alteram apenas algumas letras ou caracteres de suas contas. Uma prática que deve começar a ser pouco utilizada. De acordo com o vazamento, a empresa listou as senhas mais usadas:

1º 123456
2º 123456789
3º qwerty
4º password
5º 111111
6º 12345678
7º abc123
8º 1234567
9º password1
10º 1234567890

A empresa recomenda ainda que a senha que estiver nesta lista deve ser alterada imediatamente.

Foto/Ilustrativa

tags:

Comentários

Mais de Tecnologia

5 de julho de 2019 as 15:27

Goiânia sediará o Mobility & Show 2019

9 de fevereiro de 2019 as 20:23

A invenção do Game Boy