Direitos Humanos promove ato contra discriminação racial em Goiânia

O evento ocorre na Praça do Bandeirantes, das 9 às 11 horas

Postado por Redação em 20 de Março de 2017 às 14h59

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA) promove ato contra a discriminação racial nesta terça-feira (21), na Praça do Bandeirantes, no Setor Central, das 9 às 11 horas. A data, conhecida mundialmente como o Dia Internacional de Eliminação da Discriminação Racial, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), conta com ações realizadas em todo o mundo.

O ato em Goiânia, organizado pela superintendência de Igualdade Racial da SMDHPA, pretende reunir representantes do poder público, da sociedade civil e de entidades organizadas do movimento negro. Atividade tem na programação apresentações culturais que irão pedir o fim da discriminação e a visibilidade em relação à luta pela igualdade de direitos.

De acordo com o gerente de políticas e eventos da SMDHPA, Fábio Pedrosa, ainda há muitos problemas e motivos para lutar por conquistas em relação ao movimento negro. “Temos a segunda maior população negra do mundo e, a cada 23 minutos, um negro é assassinado no país. Queremos a melhoria das condições oferecidas ao nosso povo. Lutamos pela ocupação maior nas universidades, o fim da discriminação com punições severas e atendimento qualificado a vítimas de preconceito”, destaca.

Massacre de Shaperville

O dia 21 de março de 1960, na favela de Shaperville, cidade sul-africana de Joanesburgo, foi marcado pela morte de 69 negros pelo exército do país. No local, mais de 20 mil protestavam contra a lei do passe que os obrigava a portar cartões de identificação que especificava os locais por onde eles podiam circular. Outras 186 pessoas ficaram feridas na manifestação. A data também marca o fim da segunda Guerra Mundial.