Aparecida de Goiânia

Denunciado homem que matou namorada a facadas

diario da manha

O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) denunciou Ezequiel da Silva Menezes, 28 anos, pelo crime de feminicídio. O crime foi contra a namorada Bruna Regina Domiciano, de 22, em Aparecida de Goiânia. De acordo com a denúncia, Ezequiel matou a jovem a facadas, logo após colocou fogo no corpo da vítima.

Segundo os policiais, em depoimento o jovem confessou ter esfaqueado Bruna, porém alegou que não tem conhecimento de como ela teve o corpo queimado.

O promotor de justiça Milton Marcolino dos Santos, da 19° Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia foi quem denunciou Ezequiel. Contudo, o promotor o denunciou por feminicídio por motivo fútil. Com emprego de meio cruel, utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, e em razão da condição de sexo feminino.

O crime em si, aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano, no setor Jardim Tiradentes. A jovem foi encontrada por vizinhos, desacordada e com queimaduras em um dos cômodos da casa onde ela morava. De acordo com o inquérito policial, Ezequiel e Bruna mantinham um relacionamento amoroso há aproximadamente um mês.

Segundo o Ministério Público, no dia do crime, o homem foi até a casa de Bruna onde eles tiveram um desentendimento. Durante a briga, Ezequiel pegou a faca e desferiu golpes contra a vítima. Assim, enquanto ela agonizava no chão, ele colocou fogo no corpo dela e fugiu.

De acordo com o delegado do caso, João Carlos Freitas Junior, foi apurado que o casal iniciou a briga por conta de drogas. Ela acusava o namorado de ter furtado as drogas dela. Segundo as investigações os dois eram usuários de drogas e Ezequiel tinha passagem por tráfico.

Leia também:

Comentários