Aparecida de Goiânia

Caiado anuncia R$ 1,9 milhão para obras em 7 escolas de Aparecida de Goiânia

Unidades da região serão contempladas com melhorias estruturais, entre implantação de novas quadras cobertas e reforma. Já benefício para melhorar refeição durante período de aulas remotas entregue na solenidade, no Centro de Ensino em Período Integral Michelle Prado, alcançará todos os 530 mil alunos da rede pública estadual. “Vamos instalar em Goiás a condição de oferecer aos jovens o que existe de melhor em educação no país”, afirma governador

diario da manha

O governador Ronaldo Caiado assinou, nesta segunda-feira (07/06), a autorização de obras em sete escolas da rede estadual vinculadas à Coordenação Regional de Educação (CRE) de Aparecida de Goiânia. Com o investimento, que totaliza R$ 1,953 milhão, serão implantadas seis novas quadras cobertas e reformado um Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) da região.

A solenidade de anúncio das melhorias foi realizada no Cepi Michelle do Prado, no Jardim das Hortênsias, em Aparecida de Goiânia, onde o governador entregou aos estudantes da unidade os cartões alimentação. O benefício visa reforçar as refeições dos alunos durante o período de aulas remotas, com a interrupção da merenda escolar.

“Vamos instalar em Goiás a condição para que os professores possam fornecer aos jovens o que existe de melhor em termos de educação no país”, afirmou o governador. Durante discurso, ele reforçou que não existe outro caminho para seguir a não ser a educação. “Aluno tem que estudar. Se não estudar amanhã, não vai dar tempo de recuperar o que é ensinado no ensino fundamental e médio. E se você, amanhã, desejar ser um profissional, tem que ter conhecimento”, disse o governador.

Entre as unidades que serão beneficiadas com a cobertura das quadras esportivas estão os colégios estaduais Juscelino Kubistchek de Oliveira, Jesus Conceição Leal, Divaldo Divino de Souza, Alto Paraíso e Jaci Abércio Viana, todos localizados no município de Aparecida de Goiânia. Também será contemplado com uma nova quadra coberta o Colégio Estadual José Cândido Rosa, localizado em Aragoiânia.

O investimento anunciado alcançará ainda o Cepi Santa Luzia, unidade escolar em tempo integral que atende 343 alunos de ensino médio em Aparecida de Goiânia. Ao todo, serão investidos R$ 190 mil na reforma geral do Cepi, que incluirá a substituição do telhado e a reparação elétrica.

Ao representar a secretária de Educação, Fátima Gavioli, a coordenadora Regional de Educação de Aparecida de Goiânia, Núbia Faria, destacou que a qualidade das obras traz mais conforto tanto para estudantes quanto para os profissionais. “O governador Ronaldo Caiado tem olhado muito para o município de Aparecida. As obras chegam e os nossos colégios e escolas estão sendo renovados. É de dar gosto olhar para tudo o que já foi investido na educação da nossa cidade. Todas as ações são para garantir o ensino-aprendizagem para estudantes”, afirmou Núbia Faria.

Secretário Municipal de Educação, o professor Divino Eterno agradeceu ao governador pelos investimentos em Aparecida de Goiânia. “Nós podemos contribuir com o município cada vez mais, em parceria municipal e estadual. E nosso grande sonho é o retorno [das aulas], porque tenho certeza que vivemos uma nova época”, pontuou, ao representar o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha.

Alimentação
Todos os 530 mil estudantes da rede pública estadual de ensino serão contemplados com o Cartão Alimentação. O benefício substitui os kits de alimentação, que foram repassados mensalmente pelas escolas do Estado desde o segundo semestre do ano passado. O investimento total na nova modalidade de auxílio é de R$ 48 milhões, com recurso do Tesouro Estadual.

Cada cartão possui o crédito de R$ 30 por aluno, montante destinado à compra de itens alimentícios. Com a medida, as famílias passam a ter maior autonomia na aquisição dos produtos. A distribuição começou no final do mês de maio, e as equipes escolares estão contatando pais e responsáveis para informar a data e horário de entrega do cartão em sua unidade. “Sei que é um pequeno valor, mas é fundamental que os familiares tenham pelo menos esses R$ 30 como complemento da alimentação de seus filhos”, reforçou Ronaldo Caiado.

É necessário que o cadastro das famílias esteja atualizado junto às escolas, com CPF do responsável e data de nascimento do estudante. Sem essas informações não é possível confeccionar o cartão alimentação. Ele pode ser utilizado em qualquer mercado ou estabelecimento credenciado à bandeira Alelo, exclusivamente para compra de gêneros alimentícios. Não há prazo para utilização do crédito. Ele pode ser acumulado ao longo dos meses sem nenhum prejuízo ao estudante.

Participaram do evento o secretário de Estado da Casa Militar, tenente-coronel Luiz Carlos de Alencar; a superintendente de Organização e Atendimento Educacional da Seduc, Patrícia Coutinho; o prefeito de Gameleira, Wilson Tavares; e os diretores de colégios estaduais Ronair Rosa, Lucimar Alves, Elis Regina Ferreira, Wilson Aparecido Melo, Joana Costa, Conceição dos Reis, Rosélia Geivane e Angela Maria Gomes de Miranda, além de demais servidores, alunos e lideranças políticas.

Fotos: Secom/ Cristiano Borges e Wesley Costa

Comentários