Aparecida de Goiânia

Homem é condenado por matar a esposa a facadas e esconder o corpo dela em cisterna

O crime aconteceu na tarde de 5 de junho de 2021. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), o condenado está preso

diario da manha

O ajudante de limpeza Sebastião Carlos Lima da Silva, de 40 anos, foi condenado a mais de 17 anos de prisão por matar a mulher a facadas, esconder o corpo dela dentro de uma cisterna e ainda furtar objetos dela em Aparecida de Goiânia.

O crime aconteceu na tarde de 5 de junho de 2021, no Residencial Chácaras Village Santa Rita. Segundo as investigações, Eliene Alves da Silva Dourado, de 45 anos, foi encontrada dentro da cisterna da própria casa, enrolada em um lençol e com ao menos três perfurações de facadas pelo corpo. Além disso, um celular e um cartão bancário dela foram furtados.

A denúncia contra Sebastião foi feita pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) e a sentença foi dada pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Júri. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), o condenado está preso.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários