Brasil

Quadrilha liderada por cabo da Marinha que furtava alimentos é presa

Eles foram presos quando estavam em um caminhão frigorífico em frente ao terminal de embarque do Aeroporto Santos Dumont

diario da manha

Três integrantes de uma quadrilha que furtava alimentos da Escola Naval, no Centro do Rio de Janeiro, foram presos em flagrantes por policiais da 56ª DP (Comendador Soares), na madrugada desta quarta-feira (18). Entre os presos na operação, batizada de Rancho S.A, está o pai do cabo Alexsandro Diniz Gonçalves Júnior. O militar é apontado como o líder do bando.

Além de Alexsandro, os outros capturados são Jonathan Messias Araújo dos Santos e Vagner Moreno Vasconcellos.

O trio foi preso quando furtava alimentos em um caminhão frigorífico em frente ao terminal de embarque do Aeroporto Santos Dumont. Segundo a Polícia Civil, os três iriam furtar cerca de uma tonelada de carne de várias espécies retirada do frigorífico da Escola Naval, onde o cabo Alexsandro é lotado.

Os policiais estavam monitorando a movimentação deles até descobrir o plano pra esta noite. Segundo as investigações, o militar facilitava a entrada dos outros dois na Escola Naval para realizarem os furtos.

O Setor de Inteligência da Marinha foi acionado para prender o cabo envolvido na ação. Ele foi autuado como peculato, quando um servidor público usa de sua função para subtrair algo para si.

O pai de Alexsandro e os outros dois capturados foram levados para a Cidade da Polícia, no Jacaré, Zona Norte. Apesar de serem civis, também irão responder por peculato, porque o crime acontecia dentro das instalações militares.

A 56ª DP afirma ainda que investiga o envolvimento de outros militares com a quadrilha.

*Com informações do O Dia

Comentários