Brasil

Rolando de Souza é o novo diretor da Polícia Federal

Presidente Jair Bolsonaro nomeia Rolando de Souza para diretoria geral da PF após ministro do STF suspender a indicação de Alexandre Ramagem para o cargo.

diario da manha
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (04), o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) nomeou Rolando Alexandre de Souza para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF) por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Na semana passada Alexandre Ramagem havia sido nomeado para o cargo, mas, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a suspensão da nomeação após acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro de que o presidente Bolsonaro queria colher informações de investigações em andamento na PF.

O delegado Rolando Alexandre de Souza era o braço direito de Alexandre Ramagem na Agência Brasileira de Inteligência (Abin), onde exercia o cargo de secretário de planejamento, segundo o Metrópoles essa seria uma das motivações da escolha dele para a função.

O novo diretor-geral da Polícia Federal já assinou o termo de posse em uma cerimônia fechada na manhã desta segunda-feira no gabinete do presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, cerca de uma hora depois de sua nomeação ser publicada em uma edição extra do Diário Oficial.

Comentários