Brasil

Pai de santo é preso por estupro e cárcere privado no Paraná

Ao menos oito mulheres denunciaram o caso, uma delas fez a denúncia após a prisão dos suspeitos

Um pai de santo foi preso junto com a sua esposa na última segunda-feira (20) pela Polícia Civil do Paraná (PCPR) suspeitos de estupro e cárcere privado.

O delegado do caso afirmou que as vítimas iam a casa do pai de santo para fazer trabalho contra a depressão, e questões financeiras, porém, as vítimas eram feitas reféns dentro do terreiro e lá além dos serviços domésticos, elas eram abusadas pelo suspeito.

De acordo com as informações divulgadas, as investigações apontam que os crimes estavam ocorrendo no local pelo menos a sete meses. Segundo matéria publicada pelo portal IG, ao menos oito mulheres procuraram a polícia para denunciar o caso, e uma delas registrou a ocorrência, apenas após a prisão dos suspeitos, entre as vítimas está uma adolescente de 14 anos.

Segundo o delegado que investiga o caso, o pai de santo e a esposa vão ser denunciados pro estupro, estupro de vulnerável, cárcere privado e estelionato. Caso eles sejam condenados, as penas somadas podem chegar a 15 anos de prisão, entretanto, os suspeitos negaram as acusações feitas contra eles.

Comentários