Brasil

DM TURISMO: Caiapônia, terra das cachoeiras, da serra do Gigante Adormecido, das cavernas e sítios arqueológicos

O DM vai te levar a uma cidade no sudoeste goiano com um grande potencial hídrico e turístico ainda não explorado. Com dezenas de cachoeiras, cavernas e sítios arqueológicos

diario da manha
Foto: Reprodução

Torres do Rio Bonito foi o nome idealizado pelos pioneiros desbravadores e, no ano de 1873 tornou-se Rio Bonito, com suas ruas empoeiradas, onde os carros de bois cantavam trazendo mercadorias de ‘Uberabinha’, no triângulo mineiro.

O tempo passou de mansinho até a cidade ter seu nome mudado para Caiapônia, em 1943, em alusão aos índios Caiapós, seus primeiros habitantes no século XVIII.

Caiapônia, tem 147 anos e está situada a 335 km de Goiânia. Região rica em águas, possui quase uma centena de cachoeiras e quedas d’aguas, ainda pouco exploradas e com muito potencial turístico.

Com inúmeras cavernas e sítios arqueológicos, visitados por turistas de todo o mundo, muitos dos lugares necessitam de serem acompanhados por guias turísticos, conhecedores da região.

Para os que apreciam esportes radicais e trilhas, as quedas d’água propiciam a prática do rapel de cachoeira, conhecido por ‘cascading’, com caídas d’água de mais de cem metros. Oferece também trilhas que desembocam em piscinas naturais de exuberantes belezas.

Como que para saudar os visitantes, na entrada da cidade, do lado esquerdo repousa a Serra do Gigante Adormecido, uma formação rochosa semelhante a um rosto humano adormecido.

Serra do Gigante Adormecido em Caiapônia (GO) / Foto: Reprodução

Comentários