Brasil

DM TURISMO: Pirenópolis a cidade turística predileta de goianos e brasilienses

O DM TURISMO vai te proporcionar um passeio pelo Centro Histórico de Pirenópolis e indicar as inúmeras cachoeiras e trilhas ecológicas desse grande manancial turístico

diario da manha
Foto: Reprodução

Cidadezinha de ladeiras de paralelepípedos centenários, repleta de pontos turísticos para serem conhecidos durante a hospedagem é o destino favorito de brasilienses e goianos em finais de semana e feriados prolongados.

Com um Centro Histórico que relembra os primórdios do povoamento do nosso Estado de Goiás e cercada de serras com inúmeras trilhas, campings e cachoeiras, que propiciam aos turistas um descanso das zonas urbanas.

Pirenópolis, com suas construções coloniais coloridas, com igrejas de cores marcantes, realçadas por coqueiros, plantas e luminárias, chama a atenção e vislumbra os visitantes. Em cada casarão, são oferecidas comidas tradicionais da culinária goiana, artesanatos locais e principalmente exposições de peças em prata e pedras criadas pelos designers locais.

No Centro Histórico, os turistas ficarão encantados com o Museu das Cavalhadas, o Teatro de Pirenópolis, o Cine Pirenópolis e inevitavelmente irão se deparar com a Rua do Lazer (Rua do Rosário), onde se concentra os mais badalados bares e restaurantes da cidade.

Pirenópolis é toda encanto, aproveite e conheça também a Praça do Coreto, a Igreja Nosso Senhor do Bonfim. Nessas andanças encontre o Museu do Divino (antiga construção da Câmara e Cadeia), onde próximo circunda o Rio das Almas com uma secular ponte de madeira. Com disposição caminhe até a ponte Pênsil Dona Benta e o Museu Rodas do Tempo, o tempo gasto será gratificante.

Agora vamos juntos desbravar as cachoeiras. São locais afastados do centro da cidade e se faz necessário a locomoção por veículos, com exceção do Rio das Almas, que corta o centro urbano. Vale lembrar lembrar que as cachoeiras estão em propriedades privadas e são cobradas taxas de visitação, entre R$ 20 e R$ 40.

Roteiro na Rodovia dos Romeiros

Ao adentrar na rodovia existem sinalizações confirmando as entradas de cada localidade: Cachoeira do Abade; Cachoeira do Lázaro; Cachoeira Santa Maria, na Reserva Ecológica Vargem Grande; Cachoeira do Coqueiro; Cachoeira da Garganta; Cachoeira Meia Lua e Cachoeira Usina Velha.

Rodovia GO-338

Vale conferir as Cachoeiras Paraíso; Cachoeira do Lobo; Cachoeira das Araras e a Cachoeira dos Dragões, situada entre as mais distantes e sossegadas da região.

Já para os que apreciam trilhas ecológicas as opções são o Santuário de Vida Silvestre Vagafogo, estruturado com área para práticas de esportes de aventura, brunch. Outra atração é a Cachoeira Bonsucesso, com quedas d’água na sequência das trilhas e o Salto de Corumbá, que possuí uma das cachoeiras mais altas da região.

Não esquecendo que a Prefeitura de Pirenópolis baixou um decreto no último dia 25 de agosto, proibindo a entrada e permanência de turistas na cidade e região sem documentação comprobatória de registros na hotelaria do município. As fiscalizações acontecem nas entradas da cidade.

Comentários