Brasil

Acordo firmado entre Brasil e EUA, gera investimento para infraestrutura

O conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, ponderou, "É um acordo que sela a parceria e empresários de ambos os países vão trabalhar juntos", disse Robert O'Brien

diario da manha

O acordo feito com o Banco Americano de Importação e Exportação (EximBank), envolve US$ 1 bilhão para infraestrutura do Brasil. Além disso, o país também poderá participará do leilão de concorrência do 5g.

Todo investimento de infraestrutura é para ser gasto com transporte e comunicação. Eles estão considerando a proposta da Gol Linhas Aéreas para compras de aeronaves Boeing, para serem entregues em 2021.

Kimberly Reed, presidente do banco, revelou, “Vamos promover o investimento em telecomunicações, incluindo o 5G, energia renovável, petróleo e gás, logística e indústria, incluindo a fabricação de aeronaves”, disse ele.

MACHISMO NO AUTOMOBILISMO

A relação entre os dois presidentes, Jair Messias Bolsonaro e Donald Trump, foi elogiada pelo conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Robert O’Brien.

“Em 2019, o presidente Trump colocou o Brasil como principal aliado extra Otan. Hoje assinamos o investimento de US$ 1 bilhão, que soma-se ao outro US$ 1 bilhão”, falou Robert.

Ele também acrescentou, “É um acordo que sela a parceria e empresários de ambos os países vão trabalhar juntos. Assinamos um compromisso com a democracia e lutamos por eleições livres na Venezuela”, ponderou o conselheiro.

Robert O’Brien terminou dizendo sobre o acolhimento brasileiro com os refugiados, “O Brasil, com sua grande vocação humanitária, abrigou mais de 265 mil refugiados”, ressaltou O’Brien.

Comentários