Brasil

Correios tem prejuízo milionário em fundo de pensão

Os envolvidos vão responder por gestão temerária dos fundos

diario da manha

Em Brasília a justiça Federal acolheu, nesta terça-feira (13), uma denúncia contra seis acusados de causar prejuízos de R$ 4 milhões ao Postalis, o fundo de pensão dos Correios.

Além do ex-presidente Alexej Predtechensky, o ex-diretor Adilson Florêncio da Costa e outros quatro ex-membros do comitê de investimentos do Postalis, João Carlos Esteves, Mônica Neves, José Carlos Souza e Ricardo Azevedo também tornaram-se réus no processo.

Os envolvidos vão responder por gestão temerária dos fundos, segundo a investigação da procuradoria da República do DF, ocorreu descaso e falta de critério dos administradores na aprovação de aporte de R$ 50 milhões.

Comentários