Brasil

Doses da vacina vindas da Índia para o Brasil, podem sofrer atrasos na entrega

Declaração sobre possibilidade de atrasos foi dada na última quinta-feira (14) pelo porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Índia

diario da manha
Foto: Reprodução

Um avião deve partir hoje (15) para Mumbai, na Índia, com o intuito de buscar 2 milhões de doses da vacina de Oxford produzida no país. No entanto, pode haver atraso na entrega, pois segundo o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava ainda é muito cedo para exportar o medicamento contra a Covid-19 para outros países.

Segundo o porta-voz, a entrega do insumo pode atrasar alguns dias por questões de logística. Ele informou que o país começou a campanha de imunização contra a Covid-19 e que nesse momento vai priorizar vacinar toda população. 

Srivastava não informou se a possibilidade de atraso na exportação da vacina, vai se aplicar, ou melhor, afetar a compra dos 2 milhões de doses do imunizante feita pelo Brasil.

Vale lembrar que no dia 5 de janeiro o governo brasileiro anunciou a compra do imunizante, que é desenvolvido pela Universidade de Oxford juntamente com a Aztrazeneca e que o mesmo é produzido no Instituto Serum, na Índia.

Após anunciar que uma aeronave iria ao país asiático para buscar o imunizante na quinta-feira (14), a empresa informou que não seria possível e o voo foi remanejado para essa sexta-feira (15) e deve sair do Recife com destino a Mumbai.

*Com informações do Metrópoles

Comentários