Brasil

Após decisão sobre Lula, Dólar sobe e vai a 5,78

Com a decisão, o ex-presidente volta a se tornar elegível

diario da manha
Bolsa de Valores Foto/Reprodução - Uol

Nesta segunda-feira (8), dólar comercial disparou a terceira alta seguida e fechou o dia com valorização de 1,83%, a R$ 4,168 na venda, maior valor desde 17 de outubro (R$ 4,17). Na semana, a moeda acumulou avanço de 4,33%, na maior alta semanal em mais de um ano, desde 24 de agosto de 2018 (4,85%).

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, encerrou o dia em queda de 1,78%, aos 107.628,98 pontos. Na semana, a baixa acumulada foi de 0,52%.

Decisão do STF – Supremo Tribunal Federal

Depois da notícia de que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin anulou todas as condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela 13ª Vara Federal de Curitiba no âmbito da operação Lava Jato — com a decisão, que ainda será avaliada pelo plenário do Supremo, Lula volta a ser elegível.

Foto/Reprodução – Dreamstime

Às 15h55, o dólar subia 1,6% e era negociado a R$ 5,77. A moeda disparou após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) anular todos os processos relacionados ao ex-presidente Lula na Lava Jato julgados pela Justiça Federal do Paraná.

Já no mercado financeiro segue prevendo que o processo de alta dos juros básicos da economia, fixados pelo BC para controlar a inflação, começará em meados de março, na próxima reunião do Comitê de Política, esperam ainda pela PEC Emergencial, que será discutida na terça-feira na Câmara, com possibilidade de ter sua admissibilidade analisada, para então ter o mérito votado em dois turnos no plenário da Casa na quarta, afirmou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Foto/ Reprodução – Valor PRO

*Com informações do G1, Uol e MSN

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:

Comentários