Brasil

Blitz interrompe balada ilegal com aglomeração em Carapicuíba, SP

São Paulo está na fase vermelha, cuja etapa permite o funcionamento apenas dos serviços essenciais

diario da manha
Blitz interrompe balada ilegal em Carapicuíba, SP Foto/Reprodução -G1

No início da madrugada desta sexta-feira (19), Blitz de agentes de saúde, Guarda Municipal e das polícias Civil e Militar interrompeu uma balada ilegal com ao menos 100 pessoas em Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo.

Encontros pessoais que reúnem amigos ou parentes menos próximos incluindo quem mora em outras residências ou cidades, aumentam o risco de disseminação do Covid-19, o estabelecimento desrespeitou as medidas restritivas determinadas em São Paulo para conter a disseminação do vírus da Covid. O estado está na fase vermelha, cuja etapa permite o funcionamento apenas dos serviços essenciais.

No local, a blitz encontrou jovens sem máscaras de proteção, entre os quais alguns dividindo narguilé.

Casas noturnas tem festas clandestinas frequentemente
Foto/Reprodução –

Funcionários da casa de eventos, localizado no bairro Vila Dirce, e três clientes do local foram levados para a delegacia do município para prestar depoimento.

Casos em: São Paulo, atualizado em 19 de março à(s) 12:24, hora local.

Casos confirmados 2.261.360+17.492

Mortes 66.178+659R

Recuperados 1.975.450

Pior momento da pandemia – SP pode ter 800 mortes diárias por Covid-19 por falta da consciência da população

Festas clandestinas como essa estão acontecendo com frequência em São Paul, na quarta feira(17), outra casa noturna com mais de 50 pessoas dentro estava desrespeitando as normas sanitárias, só no último final de semana 58 estabelecimentos comerciais da capital foram autuados após as ações realizadas por 3.600 agentes dos órgãos envolvidos no Comitê.

Os números de mortes em São Paulo aumenta a cada dia
Foto/Reprodução – Portal Morada

O secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou nesta sexta-feira (19) que o estado pode chegar a 800 mortes diárias por Covid-19 nos próximos dias.

“É óbvio que junto com as pessoas que circulam, circulam com elas os vírus. E dessa forma mais pessoas doente que acabam indo de forma grave para as unidades de saúde. Importante lembrar que é uma doença grave, 40% dessas pessoas infelizmente morrem nas unidades de terapia intensiva”, afirmou.

Saiba sobre o comitê de Blitz

O Comitê de Blitz , criado no último dia 12 em conjunto com a Prefeitura de São Paulo, tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas implementadas na Fase Emergencial e dessa forma evitar a propagação do coronavírus.

Integram o Comitê agentes da Guarda Civil Metropolitana e da Covisa (Coordenadoria da Vigilância Sanitária) pela Prefeitura de São Paulo, além de profissionais da Vigilância Sanitária, Procon e das Polícias Civil e Militar, por parte do Governo de SP. Desde o dia 1º de julho de 2020 a 15 de março de 2021 a Vigilância Sanitária estadual realizou 220.808 inspeções e 4.679 autuações.

O cidadão pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não-essenciais pelo telefone 0800-771-3541 e também pelo site do Procon-SP www.procon.sp.gov.br ou Centro de Vigilância Sanitária [email protected].

*Com informações do G1 e Veja saúde

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:


Comentários