Brasil

#Bolsonaroday ganha as redes em comemoração ao dia da mentira

Internautas levantaram as diversas mentiras já contadas, e inclusive desmentidas em algumas ocasiões pelo próprio presidente

diario da manha
(Foto: Reprodução/Google)

O dia 1º de abril é conhecido mundialmente como o dia da mentira, e nesta quinta-feira a internet não perdoou o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e decidiu prestar a ele uma singela homenagem, ao subir principalmente no miniblog Twitter a #Bolsonaroday.

A Tag nesse momento está entre um dos assuntos mais comentados do miniblog, e com mais de 12 mil twetts. Entre os temas abordados estão as diversas falácias do próprio chefe do executivo referente a Covid-19.

Outra mentira contada por Bolsonaro foi de que na reunião ministerial do dia 22 de abril, ele não teria mencionado a Polícia Federal, sobre as questões de troca no comando. No entanto, após a polêmica envolvendo a reunião, a própria Advocacia Geral da União (AGU) publica um documento no qual o presidente fez menção a “PF”. No dia seguinte a publicação, o próprio presidente diz no “cercadinho” ao lado do palácio que falou PF.

Entre as mentiras contadas por Bolsonaro que foram lembradas pelos internautas, está a recomendação do uso de cloroquina para Grávidas pela TV Globo, em uma reportagem do Jornal Nacional, para o combate a Zika.

Outras mentiras contadas pelo presidente foram lembradas, como por exemplo o caso envolvendo a compra de vacinas e a briga com o Governador do Estado de São Paulo.

Em uma das famosas lives de Bolsonaro, o presidente aparece com a camisa do Sampaio Corrêa, do Maranhão, e manda um recado direto para Dória “Eu não vou compra sua vacina não, tá ok”.

Essas foram só algumas das homenagens feitas ao presidente no dia de hoje, existem outras diversas, principalmente no que diz respeito a pandemia, quando o mesmo fala que jamais chamou de gripezinha.

Mas lembramos que no seu primeiro pronunciamento ao falar sobre a pandemia, que foi ao ar em rede nacional, Bolsonaro afirmou que pelo seu histórico de atleta, se fosse infectado pelo coronavírus não passaria de uma gripezinha.

Confira alguns dos Tweets do #Bolsonaroday

Leia também:

Comentários