Brasil

Mulher é detida pela Polícia Federal após se recusar a usar máscara em voo da Azul; assista

De acordo com a empresa, a passageira teve um "comportamento inadequado, hostilizou e tentou agredir fisicamente a tripulação, ameaçando a segurança de voo"

diario da manha

Uma passageira foi detida pela Polícia Federal após se recusar a usar máscara de proteção contra Covid-19 em um voo. Ela precisou ser imobilizada pela tripulação dentro da aeronave.

A aviação Azul emitiu uma nota afirmando que “uma cliente indisciplinada foi desembarcada de uma de suas aeronaves que partiu na segunda-feira (14) do aeroporto de Congonhas com destino ao Santos Dumont, no Rio”.

Leia também: Ex-Polegar segue internado após atropelamento em passeio de moto com Bolsonaro: “Dói bastante”

De acordo com a empresa, a passageira teve um “comportamento inadequado, hostilizou e tentou agredir fisicamente a tripulação, ameaçando a segurança de voo”.

Nas imagens, é possível ver que a mulher coloca o dedo próximo ao rosto de um membro da tripulação e começa a falar sem a máscara. O comissário dá um golpe ‘mata-leão’ e, com ajuda de outras duas funcionárias, consegue contê-la.

A Azul informou que adota todos os protocolos obrigatórios durante a pandemia, entre eles, o uso de máscaras durante viagens.

Leia também: COI diz que atleta com Covid-19 será afastado, mas poderá ganhar medalha olímpica

Assista ao momento:

Comentários