Brasil

Médico morre eletrocutado em sessão de fotos para casamento

Os bombeiros disseram que o fio de energia que provocou o choque estava sem camada de proteção em alguns pontos

diario da manha

O médico Denis Ricardo Faria Gurgel, de 31 anos, morreu na quinta-feira, 29, após sofrer uma descarga elétrica, na zona rural de Cariri do Tocantins, sul do estado. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele e a noiva faziam uma sessão de fotos às margens de uma represa, quando o acidente aconteceu. Eles se preparam para se casar nesta sexta-feira, 30, em Gurupi.

De acordo com a noiva, eles faziam uma sessão de fotos e em um determinado momento, estavam com varas de pesca e, ao arremessar, um dos anzóis ficou preso em um fio de energia, o médico tentou retirar o anzol e colocou as duas mãos no fio, momento em que levou um choque.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e constatou a morte da vítima. Os bombeiros disseram que o fio de energia que provocou o choque estava sem camada de proteção em alguns pontos.

Denis era servidor da Secretaria Municipal de Saúde. A Prefeitura de Gurupi emitiu uma nota de pesar. “Prestativo e sempre educado, Denis era muito querido pelos colegas de profissão e também pelos pacientes. Sua morte prematura deixa todos consternados e de luto, por esta grande perda”, disse.

Ele também atuava nos plantões da Prefeitura de Lagoa da Confusão, que lamentou o caso. “A prefeitura manifesta sua solidariedade aos familiares e amigos. Que Deu conforte o coração de todos nesse momento”, afirmou em nota.

Leia também:

Comentários