Brasil

Motoboy é denunciado por vazar vídeos de sexo e fotos de ao menos 10 mulheres

Vítimas eram expostas em grupos de WhatsApp e na internet

diario da manha

Um motoboy foi denunciado por um grupo formado por 10 mulheres por divulgar vídeos de sexo e fotos das vítimas. A denúncia foi formalizada após as vítimas reunirem provas que mostra que o suspeito filmou e fotografou cenas de sexo com elas e enviou em grupos de WhatsApp. Conforme as informações divulgadas, umas das vítimas descobriu que um dos vídeos circulava na internet e que foi alertada após receber mensagens em seu perfil no Instagram.

A vítima afirmou que o suspeito de compartilhar as imagens é um motoboy, de 36 anos, e que o mesmo fazia isso sem o consentimento das vítimas. De acordo com ela, o rapaz divulgou várias imagens em diversos grupos do aplicativo de mensagens. Nos grupos foram feitos prints por um integrante do mesmo, onde o suspeito se exaltava pelas noites de sexo.

Em entrevista ao Metrópoles uma das vítimas disse que conheceu o motoboy por um app de relacionamentos, e que saiu algumas vezes com ele. A vítima afirmou que ele tirou algumas fotos delas, mas que pensou que ele iria guardar as fotos e não divulgar em grupos e que ela teve um vídeo gravado sem o seu consentimento.

A vítima afirmou que o suspeito sabia levar as pessoas na conversa. No entanto, ela descobriu as outras vítimas do suspeito depois de entrar em um grupo em que o Motoboy divulgava as imagens e que ele concentrava a divulgação das fotos e vídeos em um grupo de WhatsApp.

Leia também:

Comentários