Brasil

Mulher é presa por se manifestar e "bater panelas" contra Bolsonaro

A policia Militar do Rio Grande do Sul, explicou que a mulher tentou chutar um dos motociclistas. A mulher foi liberada, no sábado,10, após prestar depoimentos na delegacia

diario da manha

O Presidente da República Jair Bolsonaro (Sem partido) participou de uma motociata em Porto Alegre no último sábado, 10, na ocasião uma mulher que protestava ao bater panelas contra o governo do chefe do poder executivo foi presa.

A mulher foi identificada como Betina de Jesus, 47 anos, e foi presa por “bater panela” em forma de protesto contra Jair Bolsonaro.

Betina, publicou um vídeo, onde diz ter reagido a um “desaforo” de bolsonaristas, no cruzamento entre as avenidas João Pessoa e Venâncio Aires.

Ela conta que irá continuar se manifestando, pois, está indignada com a situação do país, mas terá controle para não ir presa nas próximas vezes, pois “ser presa é perda de tempo”.

Ela diz que a Policia Militar do Rio Grande do Sul (PMRS) não a maltratou e que apenas fizeram seu trabalho, pois, estava alterada por que tinha reagido a um desaforo, que foi dito por um dos motociclistas, por apenas estar manifestando contra o Presidente da República.

A polícia explicou que a mulher tentou chutar um dos motociclistas. E que ela foi liberada após prestar depoimento na delegacia.

Leia Também

Comentários