Brasil

Suspeitos de terem agredido e abandonado mulher em buraco são presos

De acordo com as investigações, as pessoas envolvidas tem ligação com o tráfico de drogas e planejavam agredir uma outra mulher, por conta de uma dívida

diario da manha

Quatro pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira, 11, suspeitas de terem agredido e abandonado uma mulher em um buraco, em Londrina, na região norte do Paraná. De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi agredida por engano.

A vítima foi encontrada com vários ferimentos no dia 15 de julho e disse à polícia que ficou cerca de 12 horas no local. De acordo com as investigações, as pessoas envolvidas tem ligação com o tráfico de drogas e planejavam agredir uma outra mulher, por conta de uma dívida.

Segundo a polícia, ao perceber que se tratava de um engano, o chefe do tráfico resolveu que a mulher deveria ser morta e a abandonaram em um buraco.

Mulher foi encontrada em um buraco com cerca de 3 metros de profundidade, em Londrina — Foto: Guarda Municipal/Divulgação

A mulher foi localizada após uma denúncia anônima ser feita na sede operacional da Guarda Municipal. Segundo o denunciante, a mulher foi agredida a noite inteira e os agressores voltariam na noite seguinte para matá-la.

De acordo com a Guarda Municipal, a vítima estava com ferimentos na cabeça, rosto, barriga, pernas e com as duas mãos quebradas.

Leia também:

Comentários