Brasil

Mulher denuncia ex após o sujeito induzir a filha de 4 anos à segurar arma de fogo

Mesmo com a medida protetiva o homem persegue e ameaça a ex-mulher

diario da manha
Foto/Reprodução

A mulher, que é mãe da criança denunciou de novo o ex-marido, por perseguição, ameaça, agressões físicas e verbais. Ela já tem uma medida protetiva contra o sujeito, que voltou ameaça-la, dessa vez, usando a própria filha como parte do plano.

A diarista denuncia a imprudência do ex-companheiro que envio uma foto da filha de 4 anos com uma arma na mão. O ex-casal tem duas filhas e antes de se separarem, o homem, que é conselheiro tutelar, mandou a foto. A mulher também registrou que recebe ameaça de morte por mensagens depois que terminaram o relacionamento, além do homem ainda ter atirado para o alto em frente ao trabalho dela, na última sexta-feira (12), em Jandaia, no centro de Goiás.

O procurador do município de Jandaia, Paulo César Bernardo, informou que foi aberta um processo administrativo que está apurando o fato de o conselheiro ter feito uma foto da filha segurando uma arma de fogo, “o que, por si só, é de extrema gravidade”.

Em uma mensagem de texto enviado pelo homem, ele afirma: “Não tenta dificultar o meu acesso com minhas filhas não, porque assim já não damos certo mais. E se você sonhar em atrasar o meu lado com minha filha eu vou ter que mata você. Tô avisando (sic)”.

O homem está proibido de se aproximar da ex e dos familiares dela. Ele não pode ir à casa ou local de trabalho dela, não pode manter contato, e deve ficar 60 dias sem visitar as filhas, entre outras restrições. Ainda há um pedido para que a Justiça determine a prisão do conselheiro feito pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) no último dia 10 de novembro, com base nos relatos da vítima, mas até então, ele não foi preso.

A mulher conta que estar muito preocupada e com medo. O ex a persegue no trabalho, na rua e que fica vigiando o que ela e as filhas fazem. “A única coisa que eu queria era paz para mim e para minhas filhas, porque nós não estamos tendo”, ressaltou.

Leia Também

Comentários