Brasil

Abusada ao andar de bicicleta mulher diz que não consegue mais sair de casa

Câmeras de segurança registraram o momento em que o homem passa a mão na bunda dela e foge

diario da manha

Uma mulher que foi vítima de importunação sexual por um ciclista que passou a mão no corpo dela enquanto ambos pedalavam em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na última sexta-feira, 3, disse que não consegue mais sair de casa. Ela afirma que continua muito assustada.

“Não consigo mais sair de casa. Fui trabalhar no dia seguinte, acompanhada, mas estou muito assustada com tudo”, afirma a atendente de supermercado que prefere não se identificar.

Câmeras de segurança registraram o momento em que o homem passa a mão na bunda dela, em seguida, pedala mais rápido que ela e foge. Veja abaixo:

“Estou me sentindo um nada, porque nada foi o que eu consegui fazer. Eu poderia ter reagido, alguma coisa assim, mas eu entrei em choque e não consegui reagir”, relata.

A vítima conta, ainda, que ficou traumatizada e pediu ajuda a colegas no trabalho para ter companhia no trajeto entre sua casa e o serviço. “Trabalhar eu fui [no sábado], mas com muito medo”. “Desde então eu não consigo sair de casa. Fui trabalhar, mas fui em companhia de outras pessoas”, afirma.

Leia também:

Comentários