Brasil

'Cometi um erro, mas não merecia ser humilhado', diz homem que foi arrastado por moto de PM

O vídeo que registrou o momento rodou o Brasil e mostra o jovem cambaleando enquanto é arrastado

diario da manha

O homem que foi algemado e arrastado pela moto de um policial militar, em uma avenida da Zona Leste de São Paulo, afirma que se sentiu humilhado. “Tive medo de morrer. Cometi um erro, mas não merecia ser humilhado”, afirma.

O vídeo que registrou o momento rodou o Brasil e mostra Jhonny Italo da Silva, de 18 anos cambaleando enquanto é arrastado. Veja abaixo:

O jovem conta que estava respondendo em liberdade a um processo por tráfico de drogas e foi pego transportando maconha após bater com a moto. Ele está em um centro de detenção provisória.

“Uma imagem como aquela representa uma síntese de todos os problemas estruturais que o Brasil carrega e que foram repaginados no fim da escravidão. Eu estou falando de desigualdade econômica, do autoritarismo e do racismo. Tem algo muito errado na sociedade brasileira e nós precisamos começar a discutir com seriedade”, diz o advogado e doutor em filosofia Silvio Almeida.

Leia também:

Comentários