Brasil

Polícia encontra corpos de mãe e filha desaparecidas

Eles estavam perto de uma cachoeira, cobertos com folhas

diario da manha
Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal encontrou, na tarde de segunda-feira, 20, os corpos de mãe e filha desaparecidas na região do Sol Nascente (DF), no dia 9 de dezembro.

Conforme o delegado Vander Braga, da 23ª DP, de Ceilândia, os corpos estavam perto de uma cachoeira, cobertos com folhas e “Há 90% de chances de ser homicídio“, diz.

Shirlene Cristina Silva Batista, de 38 anos, e Tauane Rebeca da Silva, de 14 anos, saíram de casa para tomar banho em um córrego e desapareceram. Shirlene estava grávida de quatro meses.

De acordo com o delegado, no último sábado, 18, uma testemunha disse que viu as duas indo em direção a uma cachoeira. Na segunda, uma equipe da Polícia Civil, encontrou os corpos.

Ele afirma que os corpos estavam a cerca de 500 metros da cachoeira “indicativo que criminosos queria esconder os corpos”. O delegado espera pela perícia e pelo laudo do Instituto Médico Legal (IML) para saber a causa da morte e afirma que é certo que não houve afogamento.

Leia também:

Comentários