Brasil

Esposa é flagrada atirando contra o marido

O crime aconteceu no início de dezembro de 2021

diario da manha
Foto: Reprodução

Câmeras de monitoramento flagraram o momento exato em que o empresário Bruno Piva Júnior é baleado pela esposa Karina de Freitas Fogolin, que é tenente dentista do Exército. O crime aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo, no início de dezembro de 2021. Bruno morreu após mais de 50 dias internado. Veja abaixo:

Nas imagens, é possível ver a mulher conversando com o homem em uma calçada e, depois, atirando nele. As imagens também mostram a polícia chegando ao local.

A tenente chegou a ser presa em flagrante e tentou convencer os policiais que atenderam à ocorrência de que o disparo havia sido feito por um ladrão, em uma tentativa de assalto.

A polícia ainda apura o caso. Em depoimento ela disse que era agredida pelo marido e que ele desviou dinheiro dela, mas que ela não registrou boletim contra o companheiro.

O Exército informou que, por não se tratar de um crime militar, o caso está tramitando na Justiça comum.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi investigado pelo 2º DP de Praia Grande. A suspeita foi indiciada por homicídio tentado no momento do flagrante, e a Justiça concedeu sua liberdade provisória. Como a vítima faleceu na última terça-feira, foi elaborado um boletim de comunicação de óbito, o qual será anexado ao inquérito.

O Comando Militar do Sudeste (CMSE) disse que a 2º tenente dentista temporário Karina de Freitas Fogolin servia no Hospital de Guarnição de Porto Velho (RO). Ela foi reintegrada por decisão judicial, e está afastada aguardando o processo de reforma.

Leia também:

Comentários