Brasil

Moradores denunciam carros de som com mensagem antivacina

Em nota, o prefeito do município, criticou o episódio

diario da manha

Moradores do município de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul denunciaram carros de som que estavam divulgando mensagens contra a vacinação infantil na manhã de quarta-feira, 26. Veja no vídeo abaixo:

A mensagem afirma que escolas não podem impedir acesso de crianças não vacinadas às salas de aulas e que os fabricantes não se responsabilizam pelos efeitos do medicamento.

“Nós todos temos o dever de saber que não é obrigatória a vacina experimental em nossos filhos”, diz.

Em nota, o prefeito do município, Márcio Luders, criticou o episódio. “Não se justifica mensagens antivacina e contra a ciência que estão circulando na região. Isso é uma atitude contra o Brasil”, disse.

O secretário municipal de Saúde do município, Naasom Luciano, criticou a divulgação de informação falsas sobre a vacinação de crianças:

“Contra a ciência não há argumentos. A verdade é que, na medida que a vacinação vai avançando, observa-se queda no número de mortes e internações. As vacinas já se mostraram seguras. Quem ama protege e vacina”, disse.

Leia também:

Comentários