Brasil

Policial atira no chão de unidade de saúde, após não conseguir visitar à mulher

O autor dos disparos fugiu do local logo após atirar no chão da unidade

diario da manha

Em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, um policial civil teria tentando entrar a força em um Pronto Socorro para visitar uma pessoa. De acordo com as informações divulgadas, o agente sacou a arma e atirou no chão, no intuito de intimidar os funcionários e pacientes na manhã desta sexta-feira, 14.

O Boletim de Ocorrência que foi registrado, feito a partir do depoimento de um segurança da unidade, mostra que o policial chegou ao Pronto Atendimento no intuito de fazer uma visita à sua mulher, que está internada. No entanto, o agente da Polícia Civil foi ao local fora do horário de visita, e ainda sim tentou a força visitar à mulher.

Conforme as informações publicadas pelo G1, a corregedoria da PC já tomou ciência do caso, e irá se manifestar de forma oficial. Testemunhas contaram que no momento em que o policial efetuou os disparos, no local haviam diversas pessoas que aguardavam atendimento.

De acordo com as informações ninguém ficou ferido no momento, e os policial neste momento é procurado pela polícia.

Leia também:

Comentários