Brasil

Suspeito de matar e esquartejar esposa é preso

Conforme a polícia, a filha mais nova do casal, de 4 anos, presenciou o crime

diario da manha
Foto: Reprodução

Assuero Severo dos Santos foi preso na segunda-feira, 2, suspeito de matar e esquartejar a esposa no último dia 25, em São Paulo. Eles eram casados há 18 anos e tinham duas filhas. Conforme a polícia, a filha mais nova do casal, de 4 anos, presenciou o crime.

Cláudia Almeida dos Santos, de 38 anos, foi morta a facadas após uma discussão. Depois, o suspeito desmembrou o corpo da mulher e colocou as partes dentro de uma mala. Câmeras de segurança flagraram o homem caminhando pela rua com uma bagagem de mão, onde estavam os restos mortais da vítima.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), as partes do corpo de Cláudia foram jogadas em áreas de mata na capital paulista. Após cometer o crime, Assuero retornou à Bahia, procurou a delegacia acompanhado de um advogado, confessou a ação e se entregou.

“Em momento nenhum ele demonstrou arrependimento. Nem constrangimento ele teve na hora de contar os detalhes. Foram muitos detalhes, um interrogatório extenso. Em quase 21 anos de profissão, eu nunca vi uma pessoa tão fria”, disse o delegado Gustavo Tortorelli.

O delegado disse que o suspeito mentiu para os amigos e família, dizendo que ela havia fugido com um amante para o Paraná e que havia registrado uma queixa do desaparecimento da mulher.

Leia também:

Comentários