Brasil

Primo é denunciado por estupro após adolescente assistir palestra sobre educação sexual

De acordo com a polícia, o suspeito se aproveitava da relação sanguínea, de proximidade familiar com a adolescente para cometer os abusos sexuais nos momentos em que a mãe da menina não estava

diario da manha
Foto: Reprodução

Um homem de 23 anos foi preso, na última quinta-feira, 17, na cidade de Acaraú, interior do Ceará, suspeito de estuprar a própria prima, uma adolescente de 16 anos. A vítima denunciou o caso à Polícia Civil após assistir a uma palestra sobre educação sexual em um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Conforme a Polícia Civil, os crimes teriam acontecido entre 2017 e 2018 no município. A palestra ocorreu em outubro de 2018, mas não foi informado quando o caso chegou às autoridades policiais para investigação.

De acordo com a polícia, o suspeito se aproveitava da relação sanguínea, de proximidade familiar com a adolescente para cometer os abusos sexuais nos momentos em que a mãe da menina não estava próxima.

Um inquérito foi instaurado na Delegacia Regional de Acaraú. Os investigadores representaram pela prisão preventiva do homem, que foi autorizada pelo Poder Judiciário, com cumprimento efetivado nesta semana. O suspeito foi encaminhado a uma unidade policial.

Com informações do G1

Leia também:

Comentários