Brasil

Suspeitos de realizar falso leilão de veículos são presos

Os leilões ocorriam por meio de duas páginas na internet

diario da manha
Foto: Pixabay

Um grupo suspeito de cometer estelionatos por meio de falsos leilões virtuais de veículos é alvo de uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) na manhã desta sexta-feira, 27. Conforme as investigações, os suspeitos movimentaram cerca de R$ 500 mil com os golpes.

Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e 13 de prisão temporária nas cidades de São José, Biguaçu, Antônio Carlos e Balneário Camboriú, em Santa Catarina; e General Câmara, no Rio Grande do Sul.

Segundo a polícia, os alvos da operação são suspeitos de emprestarem as contas bancárias para que o grupo criminoso de Santa Catarina pudesse movimentar o montante obtido com os golpes.

Os leilões ocorriam por meio de duas páginas na internet. Após realizarem o pagamento, os compradores não recebiam os veículos. A ação é coordenada por meio da 10ª Delegacia de Polícia, no Lago Sul, e tem apoio da Polícia Civil de Santa Catarina.

A operação foi batizada de Falcon, nome do site usado pelos suspeitos.

Confira algumas orientações para evitar cair no golpe do falso leilão:

  • Em todas as negociações oficiais, os veículos devem ser preferencialmente verificados nos pátios dos leilões;
  • Em caso de opção pela compra, o pagamento deve ser realizado especificamente para a leiloeira, nunca para pessoas físicas;
  • Os criminosos também costumam utilizar, como isca para potenciais vítimas, preços menores e mais atrativos do que os encontrados em leilões lícitos, razão pela qual estes anúncios devem ser considerados suspeitos.

Com informações do G1

Leia também:

Comentários