Brasil

Mulher se joga de carro de aplicativo e afirma ter sido dopada, em SC

Ao entrar no veículo, ela notou que havia algo de errado, o motorista usava boné e óculos, o suspeito teria soltado dois jatos de gás inodoro debaixo do banco dele

diario da manha
Foto: Reprodução

Uma jovem de 19 anos denunciou à polícia que foi dopada por um motorista de aplicativo durante uma corrida em Florianópolis (SC), no domingo, 26.

Ela disse que se sentiu mal e pediu para que o motorista parasse o carro para ela descer, o que não aconteceu.

“Comecei a me sentir mal, meus olhos e garganta começaram a arder, fiquei tonta e falei que queria descer do carro duas vezes. Ele não deu bola, continuou andando, e eu me joguei”, disse.

Ao entrar no veículo, ela notou que havia algo de errado, o motorista usava boné e óculos. O suspeito teria soltado dois jatos de gás inodoro debaixo do banco dele.

A jovem registrou um boletim de ocorrência contra o suspeito, e a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) investiga o caso junto à Polícia Civil.

Leia também

Comentários