Brasil

Suspeito de se passar por delegado é alvo de operação

Ele deve responder pelos crimes de falsa identidade, receptação, posse irregular de arma de fogo e stalking

diario da manha
Foto: Reprodução

A Policia Federal, com apoio da Força-Tarefa de Segurança Pública de Mossoró (RN), deflagrou na quarta-feira, 28, a Operação Dublê com o objetivo de colher provas contra um homem que estaria se passando por Delegado da PF na cidade de Mossoró.

De acordo com a PF, a investigação teve início no mês de maio deste ano quando uma mulher procurou a Delegacia da Polícia Federal em Mossoró para relatar que estaria sendo assediada por uma pessoa que teria se identificado como delegado da PF e que teria enviado credenciais de membro da instituição, após suposta interação ocorrida em um aplicativo de relacionamento.

“Os sucessivos e insistentes contatos tornavam explícitos o interesse do suposto autor em realizar condutas de natureza libidinosa. O investigado, um homem de 29 anos, responde a dois processos pela prática de crimes previstos no Estatuto do Desarmamento em Mossoró (RN)”, afirma a PF.

O investigado está sendo intimado, também, a cumprir medidas cautelares diversas de prisão, entre elas de não manter contato com a vítima por qualquer meio.

Ele deve responder pelos crimes de falsa identidade, receptação, posse irregular de arma de fogo e stalking.

Leia também:

Comentários