Brasil

Grupo suspeito de assaltos a comércios e residências é investigado

Segundo a PF, alguns dos suspeitos já responderam por crimes dessa natureza e um dos investigados atuava mesmo estando recolhido ao sistema penitenciário

diario da manha
Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira, 02, uma ação para reprimir assaltos a estabelecimentos comerciais e residências, em municípios da região metropolitana de Porto Alegre.

“Policiais federais cumprem dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão em Porto Alegre”, afirma a PF.

De acordo com a corporação, a investigação teve início a partir de um assalto à residência de um policial federal, no município de Viamão, em 28 de maio, em que o armamento institucional do servidor e munições foram roubados. “Pelos itens serem do patrimônio da União, a investigação coube à Polícia Federal. A arma foi recuperada dois dias depois da ocorrência, em Porto Alegre”, explica a PF.

No decorrer das investigações, a Polícia Federal apurou que o grupo agia em estabelecimentos comerciais e em residências com o objetivo de subtrair valores em espécie e equipamentos eletrônicos. Há comprovação da prática dos crimes nos municípios de Viamão e Santo Antônio da Patrulha.

Segundo a PF, alguns dos suspeitos já responderam por crimes dessa natureza e um dos investigados atuava mesmo estando recolhido ao sistema penitenciário. Além dos mandados de prisão e de busca e apreensão, dois veículos serão apreendidos na ação.

Leia também:

Comentários