Home / Brasil

BRASIL

Homem mata bebê e fere outros quatro familiares em Brumadinho

Por Raisa Toledo, especial para o Estadão

Na noite desta terça-feira, 23, a Polícia Militar de Minas Gerais foi chamada para atender uma ocorrência em que, segundo o solicitante, havia ocorrido diversos tiros de arma de fogo. Ao chegarem ao local, no bairro Tejuco, em Brumadinho, o autor dos disparos havia fugido, deixando cinco pessoas feridas, todas de sua família. As vítimas foram socorridas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e uma delas, um bebê de 11 meses, não resistiu. Os sobreviventes foram encaminhados para o Hospital Regional de Betim com ferimentos em lugares como braço, abdômen e tórax.

Foram atingidos, além do bebê, duas meninas, de 14 e 15 anos; um menino de 14 e um homem de 21 anos. O último teria sido alvejado quando chegava de carro à casa da família. A polícia localizou o atirador, que não teve o nome divulgado, em um local revelado pelos próprios familiares, junto com a arma do crime.

Segundo a Polícia Militar mineira, uma testemunha relatou que ele teria passado de moto pela residência da família dizendo "hoje, vocês vão ver quem eu sou" e xingando os parentes de "demônios". Quando ele retornou ao local, teria descido da moto já efetuando os disparos no portão, que atingiram uma das meninas no braço e no tórax. Mais tiros foram disparados dentro da casa, para onde os familiares teriam corrido, e o bebê teria sido baleado.

O suspeito teria dito que vinha tendo atritos com a família há algum tempo. O motivo seria a insistência para que ele fosse internado em uma clínica de recuperação para dependentes químicos, com o que não concordava. Ele teria relatado, ainda, que comprou o revólver utilizado no ano passado, assim como munição.

A perícia inspecionou a cena do crime e a arma foi apreendida. Ainda de acordo com informações da PM, há registros de que o mesmo homem já foi flagrado efetuando disparos com a arma "para intimidar seus desafetos", sem ter atingido ninguém.

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que ele foi ouvido por meio da Central Estadual do Plantão Digital durante a madrugada e teve a prisão em flagrante ratificada por homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado. Será instaurado um inquérito para apurar a motivação e as circunstâncias do crime e as investigações devem seguir na Delegacia de Polícia Civil em Brumadinho.

Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias