Home / Brasil

BRASIL

Suspeito de traficar ketamina e ostentar vida de luxo é preso

Polícia cumpre 40 mandados de busca e apreensão, e bloqueio de bens estimados em mais de R$ 3,5 milhões

Foto: Reprodução/Redes sociais Foto: Reprodução/Redes sociais

Foi deflagrada, nesta quarta-feira, 8, uma operação para desmantelar um grupo suspeito de traficar ketamina entre o Piauí e o Distrito Federal. Segundo a corporação, a investigação realizou a maior apreensão histórica do anestésico.

A polícia cumpre 40 mandados judiciais, incluindo prisões, busca e apreensão, e bloqueio de contas e bens no valor de mais de R$ 3,5 milhões. O líder do esquema é conhecido como "Rei da Keyla" e possui histórico criminal extenso, ele costuma exibir uma vida regada a luxo nas redes sociais.

O homem possuía vários imóveis registrados em nomes de terceiros, além de um carro de R$ 160 mil. Seu objetivo, ssegundo a corporação, era ocultar o patrimônio.

Como funcionava o esquema

A Polícia Civil descobriu uma rota de tráfico de drogas que ia de Teresina, no Piauí, até o Distrito Federal. Um empresário de produtos agroveterinários em Teresina usava suas empresas para comprar cetamina. A droga era transportada para Brasília por empresas de ônibus e, ao chegar na Rodoviária Interestadual de Brasília, um funcionário comunicava "Rei da Keyla" sobre a entrega da droga.

A polícia encontrou documentos fiscais falsos junto com a carga de cetamina. O suspeito armazenava a droga em um apartamento em Águas Claras e a vendia para usuários e pequenos traficantes. Na operação, foram apreendidos 180 frascos de droga, a maior parte já encontrada na capital. Todos os suspeitos responderão pelo crime de tráfico de drogas.

Leia também:

  

edição
do dia

Capa do dia

últimas
notícias

+ notícias