Cidades

Técnico em manutenção é espancado em briga de trânsito na BR-153

A agressão ocorreu logo após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km 133 da BR-153

diario da manha
Foto: Reprodução

Homem é espancado após uma briga de trânsito, na BR-153, entre Goiânia e Anápolis. Os parentes do técnico em manutenção, Weides Xavier Afonso, de 43 anos, denunciaram o caso. De acordo com eles, após ser golpeado na cabeça, ele foi socorrido e levado para o Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo).

Segundo a unidade de saúde, o quadro de Weides é grave. Ele foi sedado e intubado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com a família da vítima, ele sofreu traumatismo craniano e foi operado.

O filho da vítima, Kaio Xavier, estava em outro veículo e, afirmou que viu como tudo aconteceu. De acordo com ele, o pai foi fechado pelo agressor. “Foi quando o rapaz foi para cortar meu pai também e fechou ele, sem dar opção para ele sair. Até jogou ele no guard rail, fazendo com que ele parasse” explica.

Vigilante é testemunha da briga de trânsito

Ele afirma ainda, que viu pelo retrovisor o agressor descer do carro e agredir o pai dele, em seguida entrar no carro novamente. Um vigilante também testemunhou a ocorrência. Segundo ele, o agressor é um homem moreno, alto, careca e que usa cavanhaque. Ele afirma que o agressor estava acompanhado de outro homem e de uma mulher e que, ele fugiu após a briga de trânsito.

Ainda segundo o vigilante, tudo aconteceu rápido e instantâneo. “Foi quando o rapaz do Fox branco desferiu um soco na cara do rapaz do Corsa. A base que ele fez foi base de luta, cara lutador. É uma barbaridade né”, afirma testemunha que prefere não se identificar.

A agressão ocorreu logo após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Km 133 da BR-153. A esposa de Weides, Alessandra Alves, ficou desesperada e pediu ajuda para encontrar o agressor.

“A pancada que ele deu na cabeça do meu marido deu várias fraturas na cabeça dele. Ele tem que responder pelo que fez com meu marido, porque o que ele fez foi muito grave”, afirma em prantos. A vítima tem quatro filhos e o boletim de ocorrência foi registrado no 1° Distrito Policial.

Com informações do G1

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO