Cidades

Dois homens são presos por revenda clandestina de combustível adulterado

Os dois suspeitos recebiam motoristas de caminhão-tanque na sede do lava jato para furtar o combustível transportado por eles

diario da manha
Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (16/10), as equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), prenderam dois homens em flagrante, por revenda clandestina de combustível adulterado em um lava jato, na Avenida Juiz de Fora, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia.

A investigação começou há quatro meses. Um dos autores mantinha o lava jato em um lote e a principal atividade realizada no local, era a revenda clandestina de combustível de origem criminosa.

A revenda clandestina de combustível era feita para postos em Goiânia

Os dois suspeitos recebiam motoristas de caminhão-tanque na sede do lava jato para furtar o combustível transportado por eles, que vendiam para R. S. G., eles aproveitavam o grande espaço para fazer manobras no local e, usavam como pretexto, lavar os caminhões.

No local, a polícia encontrou cerca de 800 litros de etanol, armazenados em tambores nos cômodos do imóvel e, fez a prisão em flagrante dos envolvidos. O combustível adulterado era revendido para postos em Goiânia.

Os dois homens foram encaminhados ao sistema prisional e estão à disposição do Poder Judiciário, sem direito a fiança. Se forem condenados, podem pegar pena de um a cinco anos.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO