Cidades

Inscrições para vestibular da UEG começam dia 9/10

De acordo com Ronaldo Caiado, em 15 dias o novo reitor conseguiu avançar e tranquilizar os estudantes e professores da UEG

diario da manha
Foto: Reprodução

As inscrições para o Processo Seletivo 2020/1 da Universidade Estadual de Goiás (UEG), estarão abertas do dia 9 de outubro até o dia 11 de novembro. São cerca de 3.700 vagas disponíveis e o candidato poderá escolher até três opções de câmpus para estudar.

O edital de abertura do vestibular foi lançado nesta segunda-feira (7/10). O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirma que a UEG vive uma nova fase. Ele destaca que dois reitores da universidade, tiveram processos e sofreram prisões. Segundo ele, penúltimo reitor responde processo por uso indevido de verba.

“Tivemos que avaliar quem tivesse uma vivência e conhecimento para ser indicado para assumir o cargo em uma fase transitória, para que a universidade funcionasse nesse final de ano e em 2020”, ressalta o governador.

De acordo com Ronaldo Caiado, em 15 dias o novo reitor conseguiu avançar e tranquilizar os estudantes e professores da UEG, anunciando o vestibular 2020/1. Ele ainda afirma que os valores das inscrições diminuíram, em relação ao ano passado.

Para o curso de Medicina a inscrição custa R$ 180, os demais cursos R$ 100 e o curso de Arquitetura e Urbanismo, R$ 120. “A inscrição em um vestibular não pode ser confundida com algo para o governo se beneficiar”, destaca Ronaldo Caiado.

Cursos com nota baixa no Enad não terão vestibular na UEG

Segundo o governador, seis professores foram nomeados para dar continuidade ao curso de Medicina Veterinária e nenhuma sala de aula será fechada. Caiado destaca que o estudante é o foco principal da universidade.

“A UEG só não terá os cursos onde a nota no Enad foi 1, pois isso não é uma decisão da universidade e, sim, uma norma do Ministério da Educação (MEC). Falaram que a UEG não teria o seu vestibular aplicado em 2020, mas conseguimos mostrar que sim e, com o valor menor de inscrição”, afirma.

O reitor interino, Rafael Gonçalves, afirma que sete cursos não terão o vestibular aberto por ter nota baixa no Enad. Ele destaca que o aluno vai escolher o curso, vai fazer a prova e depois de aprovado vai haver uma etapa de preenchimento de vagas. “Nessa etapa, os alunos qualificados poderão escolher três opções de unidades de câmpus para fazer os cursos”, afirma.

De acordo com o reitor, a prova do vestibular está marcada para o dia 15 de dezembro. As provas para os candidatos ao curso de Medicina serão aplicadas somente nas cidades de Goiânia e Itumbiara e a prova para os candidatos ao curso de Arquitetura e Urbanismo somente na cidade de Anápolis.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO